Coluna

O QUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO?

Juiz de Fora (MG) - Atravessando uma rua, no muro em frente estava pichada a seguinte frase: “O que você está pensando?”. Claro que não havia nada de original na pergunta, até porque ela está presente no Facebook. Aquela perguntinha que fica te atormentando.

Daí que eu fiquei pensando o que estava pensando o cara que escreveu a frase do face no muro da rua. Era um brincalhão, ou um novo esteta do mundo virtual trazendo para o mundo real a frase que nos coloca em contato com a rede social.

Aliás, o que você está pensando agora? O que eu vou escrever sobre o que você está pensando, certo? Errado. Eu não estou pensando absolutamente nada até porque não posso escrever tudo o que eu estou pensando na hora em que enxergo a frase: “O que você está pensando?”.

Foto: Jose Aljovin / Unsplash - 

Se nós exprimimos, a todo momento, o que estamos pensando, o face ou alguém que manipula o sistema vão me oferecer desde uma varinha de condão até as... roupas íntimas de uma celebridade, como para o nosso pensamento, que evolui a cada segundo, a cada instante.

E lá está a tal pergunta no mundo real, inquirindo aos passantes que se estimulassem a pesquisar em seus cérebros o que estavam pensando. O assaltante na ida de um ganho se perguntaria: “O que você está pensando?” afinal, poderia ser uma tomada de consciência, o que você está pensando, em tirar o bem de alguma pessoa. Ou então, alguém cruza com uma bela mulher, ou a mulher com um belo homem, o que eles estariam pensando? Nem precisa muito esforço para imaginar.

E se nós tivéssemos uma legenda acima da cabeça, tipo aqueles quadrinhos com os diálogos, ninguém estaria pensando em nada: ávidos tentando ler os pensamentos dos outros.

Taí. Essa pergunta, na verdade, estimula a nossa criatividade, pois estamos envoltos em nossos problemas, nas nossas alegrias e tristezas, e poderíamos pensar: “O que eu estou pensando para poder resolver os meus problemas?”.

O mundo virtual é muito legal, até porque não existimos lá fisicamente, e podemos eliminar pelo menos um percentual enorme de gente chata, para o conceito de cada um, do nosso mundo e ficamos apenas cercados pelos amigos, o universo gira em torno de pessoas a quem podemos dizer o que estamos pensando. São nossos amigos e, ao contrário da vida real, podemos dizer o que pensamos. Eles nos conhecem.

- Fulano, fulano é assim mesmo, diz o que pensa e a gente sabe o que pensa, onde vota, o que come. Fulano é assim mesmo, sempre pensando alguma coisa”.

Eu fico imaginando o que você, leitor, está pensando sobre o que eu pensei?
 

Nilson Lattari

302 Posts

Crônicas e Contos

NILSON LATTARI é carioca e atualmente morando em Juiz de Fora (MG). Escritor e blogueiro no site www.nilsonlattari.com.br, vencedor duas vezes do Prêmio UFF de Literatura (2011 e 2014) e Prêmio Darcy Ribeiro (Ribeirão Preto 2014). Finalista em livro de contos no Prêmio SESC de Literatura 2013 e em romance no Prêmio Rio de Literatura 2016. Menções honrosas em crônicas, contos e poesias. Foi operador financeiro, mas lidar com números não é o mesmo que lidar com palavras. "Ambos levam ao infinito, porém, em veículos diferentes. As palavras, no entanto, são as únicas que podem se valer da imaginação para um universo inexato e sem explicação".

Comentários