17,Sep

Opinião

De traz das grades da prisão, narcotraficante Beira-Mar diz que milícia executou Marielle

A palavra de criminoso é confiável ou não, estimados leitores d’O Folha de Minas? Vocês, por exemplo, acreditam nas declarações de narcotraficante de que a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) foi executada a tiros por milicianos? Como é que ele, preso em presídio de segurança máxima, condenado por m...

Protesto levou museu a cancelar sagração de prêmio a Bolsonaro

Sob forte protesto de integrantes da comunidade acadêmica e de pesquisadores, a direção do Museu Americano de História Natural, em Nova Iorque, EUA, desistiu de sediar a premiação do presidente Jair Bolsonaro com o título de Personalidade do Ano, que estava agendada para 14/5. A decisão foi tomada e...

Museu é pressionado para não realizar tributo a Jair Bolsonaro

Solicito a vocês, estimados leitores d’O Folha de Minas, a colaboração para identificar os pré-requisitos de serviços relevantes que justificaram a outorga do título de Pessoa do Ano a Jair Bolsonaro. A cerimônia agendada para 14 de maio, numa realização da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos,...

Morros e favelas no Rio são guetos tomados por milícias

“Vista assim do alto, mais parece um céu no chão Sei lá, em Mangueira a poesia feito um mar, se alastrou E a beleza do lugar, pra se entender, tem que se achar Que a vida não é só isso que se vê É um pouco mais, que os olhos não conseguem perceber E as mãos não ousam tocar e os pés recusam pi...

Sob política do ódio e do abate, o Rio vira a capital da violência

De celeiro cultural do país, o Rio de Janeiro torna-se a capital da violência, sob a política do ódio e do abate. Cantada no mundo como cidade maravilhosa, os cariocas vivem retraídos, temerosos e confinados. Os mais de 80 tiros disparados por soldados do Exército, no fuzilamento do carro do músico...

O colombiano Vélez deu com "os burros n'água"

Ricardo Vélez Rodriguez, colombiano de Bogotá, naturalizado brasileiro, que foi indicado a Jair Bolsonaro por Olavo de Carvalho para ocupar o cargo de ministro da Educação, “deu com os burros n’água”. Diante de tantas trapalhadas, o próprio ‘padrinho’ chegou a dizer que o tinha cumprimentado duas ve...