20,Sep
Internacional

Macron convoca reunião com G7 para discutir incêndios na Amazônia

Presidente da França fez anúncio pelas suas redes sociais nesta quinta-feira. "Nossa casa está pegando fogo. É uma crise internacional", disse

emannuel macron
Emmanuel Macron convocou reunião emergencial com países membros do G7 (Foto: Ludovic Marin/Pool/Reuters)

O presidente da França, Emmanuel Macron, convocou, nesta quinta-feira (22), os países membros do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, embora a União Europeia também esteja representada) para uma reunião emergencial para discutir os incêndios que atingem a Amazônia há 18 dias. 

"Nossa casa está pegando fogo. Literalmente. A floresta amazônica — o pulmão do planeta que produz 20% do nosso oxigênio — está em chamas. É uma crise internacional. Membros do G7, vamos discutir essa situação emergencial em dois dias", disse Macron. 

O incêndio que atinge há 18 dias a floresta amazônica também foi motivo de atenção de representantes da ONU (Organização das Nações Unidas). Ainda nesta quinta (22), o secretário da organização, António Guterres, disse estar profundamente preocupado com as queimadas. 

Ele reforçou que o mundo não pode mais arcar com os danos para uma das maiores fontes de oxigênio e biodiversidade.

Além dele, a presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, afirmou que está preocupada com os incêndios florestais pelo mundo e cobrou ações urgentes. Ela lembra que as florestas são cruciais para a conservação e para enfrentar a mudança do clima.

Comentários