10,Dec
Cultura e Entretenimento

Instalação LAMA é prorrogada até 8 de dezembro

Mostra Roberto Sussuca homenageia vítimas do rompimento das barragens de mineração em Minas Gerais

Em virtude do grande sucesso de público e crítica, a instalação LAMA, do artista plástico Roberto Sussuca, permanecerá aberta ao público até o dia 8 de dezembro, em Ouro Preto. Com um conjunto de aproximadamente 50 obras e uma montagem sensível e criativa, a mostra evidencia os impactos gerados pelos recentes desastres envolvendo mineradoras em Minas Gerais.

Foto: Eduardoo Tropia

As obras ilustram cenas que ficaram amplamente conhecidas do público pela cobertura da mídia. Assim, retratam os fatos ocorridos em Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo, distritos de Mariana atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em 5 de novembro de 2015, como também os de Brumadinho, com a ruptura da barragem da mina do Córrego do Feijão, em 25 de janeiro de 2019.

O artista conta que idealizou esse trabalho há cerca de um ano, quando experimentava a produção de tintas resultantes de pigmentos naturais. O material-base da pigmentação utilizada é oriundo da limonita, um minério de composição variada, resultado basicamente da mistura de hidróxido de ferro, nesse caso, retirado de áreas de garimpo de topázio imperial. Com base nas tonalidades e texturas dessa rocha, começou a criar obras que representavam as minas que deram origem ao conceito da instalação.

Mais de 7 mil pessoas já passaram pela exposição. A comoção fica estampada nos rostos do público, fortemente impactado com as obras que representam desde as minas, os elementos rotineiros (passando pela religiosidade, música, futebol, lazer), o trabalhador até a morte da natureza, por exemplo.

Foto: Eduardoo Tropia

Roberto Sussuca é ouro-pretano e considerado um artista experimentalista. Desde a juventude dedica sua vida à arte, expressa por meio de desenhos, pinturas, gravuras e esculturas. Ele faz questão de ressaltar que não é contra mineração, porém, acredita ser necessário refletir sobre uma forma mais sustentável de produção, a fim de preservar e/ou recuperar o meio ambiente e, principalmente, proteger a vida dos trabalhadores e moradores da região.

A instalação LAMA está exposta na Casa dos Contos, tradicional espaço cultural de Ouro Preto (MG). Com entrada gratuita, a visitação segue até 8 de dezembro: segunda, de 14 às 18h; e de terça a domingo e feriados, de 10h às 18h.  
 
Serviço:

Instalação LAMA de Roberto Sussuca
Local: Casa dos Contos (Rua São José, nº 12 – Ouro Preto – MG)
Visitação: 5 de outubro a 8 de dezembro
Segunda: 14h às 18h | Terça a domingo e feriados: 10h às 18h
Entrada franca.

Comentários