13,Nov
Esportes

Atlético-MG vence Cruzeiro, que fica na zona de rebaixamento

Equipes se enfrentaram na noite deste domingo (4) no Independência

atacan vinicius do atlético mineiro
Vinícius, do Atlético Mineiro, comemora o seu gol em partida contra o Cruzeiro (Foto: Ramon Bittencourt/O Tempo)

O Galo cantou no Independência. Neste domingo, o Atlético-MG derrotou o Cruzeiro por 2 a 0, em partida válida pela 13º rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols marcados por Vinícius e Nathan, o Alvinegro permaneceu no G4 e, ao mesmo tempo, afundou o rival na competição. A Raposa, que havia entrado na zona de rebaixamento depois da vitória do Fluminense sobre o Internacional, não subiu de posição.

Com a vitória, o Atlético manteve-se na quarta colocação do Brasileirão, com 24 pontos somados. Na próxima rodada, a equipe recebe o Fluminense, no sábado que vem, às 21h. Enquanto isso, o Cruzeiro estacionou na 17ª posição, com 13 pontos conquistados. O próximo compromisso do time será contra o Avaí, fora de casa, no domingo, às 16h.

O Atlético-MG fez primeiro tempo superior ao rival, quer só chegou com perigo em chute de longe de Henrique. Por outro lado, o Galo exigiu boas defesas de Fábio em finalizações de Cazares, Vinícius e Patric. Aos 45 minutos, o gol dos mandantes saiu: Ricardo Oliveira passou para Vinícius, que avançou pela intermediária e arriscou de fora da área. A bola rasteira entrou no canto direito defendido por Fábio.

Na segunda etapa, o Atlético-MG permaneceu melhor em campo, mesmo com a vitória parcial. Cazares assustou em chute de longe e Geuvânio parou na trave. Precisando buscar o resultado para fugir da degola, o Cruzeiro foi pouco efetivo no ataque. A Raposa teve duas chances de perigo: Thiago Neves cabeceou para fora após cruzamento de Egídio e, já no final, Sassá finalizou na trave após sobra de escanteio.

O Atlético sacramentou sua vitória aos 46 minutos da segunda etapa, com Nathan, que havia entrado durante o jogo. Patric cruzou pela direita, Robinho tentou cortar e acabou ajeitando para o meia do Galo, que cabeceou para as redes.

Comentários