15,Jul
Esportes

Cruzeiro é investigado por irregularidades em negociações

Reportagem do "Fantástico", da TV Globo, revelou diversas operações financeiras suspeitas, feitas para pagamento de dívidas do clube

O domingo, 26 de maio, foi difícil para o Cruzeiro. Além da derrota dentro de campo para a Chapecoense por 2 a 1, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o clube celeste terá de se defender de acusações de irregularidades em transações financeiras para pagamento de dívidas.

Em matéria veiculada pelo "Fantástico", da TV Globo, há denúncias de diversas irregularidades do clube como transações ilegais de jogadores com empresários não cadastrados pela CBF, cessão de direitos econômicos de jogadores de base abaixo da idade mínima, o que é proibido pela lei brasileira e esquema de pagamentos para torcidas organizadas com o intuito de defender e divulgar a marca do clube.

A matéria, assinada pela repórter Gabriela Moreira, cita também o pagamento de mais de 3 milhões de reais para Itair Machado, vice-presidente de futebol, autorizados por ele mesmo no ano de 2018, entre salários e premiações por conquistas de títulos.

Empresário sem registro na CBF e repasse de menor de idade
Os documentos apresentados na reportagem mostraram o repasse de jogadores para Cristiano Richard dos Santos, como dos atacantes Raniel e David, do profissional. Outro repasse irregular de direitos econômicos é do meia Estevão William , de 10 anos, também para Cristiano Richard, que não é credenciado pela CBF, o que pode gerar punição para o time mineiro. A Raposa cedeu 20% dos direitos do menino, o que é proibido. Os direitos de outros 10 jogadores foram repassados ao mesmo empresário, gerando suspeita da Polícia Civil de Minas Gerais.

Itair Machado, vice-presidente de futebol do Cruzeiro, durante entrevista coletiva no CT Toca da Raposa II, em Belo Horizonte (MG)
Foto: Alessandra Torres/Agência Eleven / Gazeta Press

A polícia mineira investiga se houve lavagem de dinheiro, falsidade ideológica de empresas que não está aptas a trabalhar no futebol. Outro segmento da negociação é a relação do Cruzeiro com duas torcidas organizadas, entre elas a Máfia Azul, que teria contrato para receber 88 mil reais por serviços prestados ao clube, até o fim da gestão de Wagner `Pires de Sá, em 2020.

"Compra de conselheiros"
A reportagem denuncia também a troca de favores com conselheiros do clube para aprovação das contas do Cruzeiro nos balanços divulgados. A dívida do time celeste na gestão Wagner Pìres saltou de 384 milhões para 520 milhões, segundo o balanço divulgado recentemente.

Essa prática gerou a renúncia de três conselheiros do conselho fiscal do clube, que não votaram a favor do balanço apresentado pela diretoria. Para conseguir a aprovação, a diretoria teria promovido churrascos e outros mimos como ingressos para os jogos do time, assim tendo um controle sobre o conselho deliberativo, que é presidido pelo ex-senador Zezé Perrela, também ex-presidente do Cruzeiro.

Todas essas irregularidades, se comprovadas, podem gerar punições esportivas e administrativas ao Cruzeiro, como o bloqueio de transferências de jogadores tanto para saídas, como para chegadas de novos atletas, além de exclusão de torneios e competições nacionais e internacionais.

Nota emitida antes do programa
A direção do Cruzeiro se posicionou antes mesmo do material do Fantástico ser veiculado. O clube emitiu um comunicado indicando um possível vazamento de documentos internos a um grupo de conselheiros que fazem oposição à atual diretoria, comandada por Wagner Pires de Sá.

Confira o comunicado abaixo:

Nação Azul,

Me dirijo a vocês para me manifestar em nome do Cruzeiro Esporte Clube, de forma antecipada e imediata, a respeito de uma matéria realizada pelo Grupo Globo, que será exibida na noite deste domingo, 26 de maio de 2019, no programa Fantástico, conforme chamada realizada pela emissora durante a exibição da partida Flamengo x Athletico.

Primeiramente, lamento que a última eleição presidencial ainda não tenha acabado para alguns indivíduos. Adversários derrotados no pleito têm insistido, nos bastidores, em tentar tumultuar o ambiente do Cruzeiro, com o auxílio de um pequeno grupo, plantando notícias junto a alguns profissionais da mídia nacional, que infelizmente têm acreditado em tais conteúdos.

Nossa gestão assumiu o Clube de forma oficial no início do ano de 2018 com a maior e mais absurda e delicada dívida de sua história. No entanto, a nossa diretoria não tem medido esforços e já vem exercendo uma política de contenção de gastos, e tem trabalhado em um grande projeto de planejamento para tentar equacionar as dívidas do Cruzeiro.

Todas as perguntas enviadas pela reportagem do Grupo Globo, nesta semana, foram prontamente respondidas aos jornalistas, dentro do prazo pedido pelos mesmos, atendendo ao deadline da matéria.

Atualmente, o Cruzeiro possui 14 conselheiros que formam uma oposição. Nós apuramos que um deles teve acesso a documentos sigilosos e os divulgou de maneira proibida para o público externo, mesmo em se tratando de registros de cunho interno, de uma entidade privada.

O intuito deste comunicado não é, em momento algum, o de atrapalhar a veiculação da reportagem prometida pela emissora para a noite deste domingo. Mas, sim, o de tranquilizar a Nação Azul, aos verdadeiros cruzeirenses, reforçando nosso compromisso de tratar as coisas do Clube com a maior transparência e responsabilidade possível, dentro e fora das quatro linhas, pois, reforço, assumimos a instituição sabendo da constrangedora situação financeira do Clube.

Reitero minha lamentação em relação ao comportamento ressentido destes alguns indivíduos que se dizem cruzeirenses, mas que, na verdade, pensam apenas em seus benefícios próprios, colocando os aspectos político e pessoal acima de qualquer sentimento em relação ao Clube.

A atual diretoria quer apenas fazer o nosso trabalho em paz e recolocar o Cruzeiro nos trilhos, consertando diversos erros, alguns que ultrapassam os limites da absurdez, cometidos pela gestão passada.

Em nome da transparência e da lisura que o Cruzeiro merece ser tratado e nossa torcida merece ser informada, decidimos nos manifestar de forma imediata.

Atenciosamente,

Wagner Pires de Sá
Presidente do Cruzeiro Esporte Clube

Comentários