Coluna

NOVE DESCONHECIDOS

O que pode acontecer quando nove pessoas, todas com personalidades e características totalmente diferentes, que nunca se viram antes, se reúnem em um spa isolado no meio do nada?

É justamente isso que Liane Moriarty vai nos contar em seu novo livro, ‘Nove Desconhecidos’ (Intrínseca - 460 páginas). Livro que deu origem a nova minissérie de drama e suspense do Amazon Prime Video, estrelada por Nicole Kidman.

Nesse novo romance, Moriarty reúne um grupo de nove pessoas - sem celulares, sem carros, sem computadores - que se encontram em 'Tranquillum House', um spa que fica em um balneário remoto ao norte de Sydney, na Austrália, bem afastado da cidade, onde é proibido qualquer tipo de contato com a civilização.

O objetivo delas é aproveitar esse tempo para desintoxicar, refletir, se redescobrir e se curar. Problemas com perdas, crise no casamento, luto, drogas, depressão, estresse, peso, dinheiro e maternidade são revividos e solucionados. Ou não.

Durante 10 dias, essas pessoas terão que lidar com suas inseguranças, medos e questões interiores. Tudo isso sob a vigilância severa e quase obsessiva da diretora do spa, Masha Dmitrichenko.

A autora usa os primeiros capítulos para apresentar os personagens, um a um, de forma natural e sem pressa; inclusive a intrigante e misteriosa guru, Masha.

livro nove desconhecidos
Divulgação - 

Acompanhamos a chegada de Frances Welty, seguida por Lars e Ben, ao spa. E aos poucos vamos sendo introduzidos a cada personagem.

Enquanto os personagens vão surgindo, Moriarty usa o formato da narrativa - que alterna entre os personagens - para apresentar e ligar diferentes pontos de vista e diferentes formas de se lidar com questões das mais variadas na história.

A temática de ‘Nove Desconhecidos’ não poderia ser mais atual e pertinente para refletirmos sobre o momento de pandemia e isolamento que estamos vivendo. Moriarty traça um parecer extremamente detalhado e realista de nós, como sociedade, e do ser humano, como indivíduo vivendo recluso.

A história gira em torno de nove personagens - além de Masha e seus funcionários. Entre eles, é Frances Welty , uma das primeiras a ser apresentada ao leitor, quem se sobressai na trama.

Frances é uma escritora de romances best-sellers, de meia-idade, que já teve seus dias de glória mas que, no momento, está em decadência. Com sérios problemas de aceitar críticas, ela chega ao spa para, quem sabe, aproveitar para relaxar e curar um problema físico, além de tentar esquecer os problemas do coração e uma terrível decepção ao ser enganada por um golpista.

Logo nos primeiros capítulos vemos Masha, uma profissional incansável e workaholic que deseja, a qualquer custo, que seus clientes atinjam a total iluminação espiritual. Mas ninguém é capaz de imaginar o quanto isso pode custar e o tamanho do desafio.

Em sequência somos apresentados aos demais hóspedes. Em comum, todos querem um pouco de paz e felicidade e a aposta em meditação, yoga, terapias alternativas e alimentação saudável, sem álcool ou drogas parece ser a escolha certa.

Carmel Schneider, é uma mulher de 39 anos, desiludida e recém-divorciada.

Tony Ogburn, de 56 anos, é um viciado em remédios para emagrecer.

Ben e Jessica Chandler, são um jovem casal que percebem que já não têm mais muito em comum e chegam para tentar solucionar a crise no casamento.

Napoleon, é um professor super engajado em ser um exemplo para seus alunos; Heather - a mãe - é uma profissional séria e dedicada; Zoe - a filha - é uma jovem bonita e desafiadora. Uma família que, depois de uma terrível tragédia, está em crise.

Carmel é uma esposa que foi trocada por uma moça mais jovem. Mãe de três meninas, cuja autoestima está em seu nível mais baixo. Ela que, mesmo antes do divorcio, já se via apenas como mãe e não como mulher.

Lars é um advogado gay que defende mulheres em seus divórcios, e está passando por um momento crucial em seu relacionamento com seu parceiro.

Tony é um ex-jogador de futebol australiano, hoje mais velho e mais gordo, distante da fama e da família.

No livro, cada um dos capítulos é narrado por uma personagem, o que dá ao leitor uma visão abrangente de como cada um deles pensam e vêem os outros e a própria história.

‘Nove Desconhecidos’ nos mostra que nunca estamos satisfeitos com as nossas vidas. Que nunca estamos satisfeitos com o que temos. Que vivemos em uma eterna busca pelo que não precisamos e obcecados pela perfeição que nunca encontraremos.

No decorrer da trama, ainda nos primeiros capítulos, já dá para perceber que há algo errado naquele spa, e que a vida daqueles personagens mudaria para sempre.

“Vocês não vão ser mais as pessoas que são agora”, é uma das promessas do spa.

Ou seria uma ameaça?

* O livro foi gentilmente cedido pela editora.

Ediel Ribeiro (RJ)

390 Posts

Coluna do Ediel

Ediel Ribeiro é carioca. Jornalista, cartunista e escritor. Co-autor (junto com Sheila Ferreira) do romance "Sonhos são Azuis". É colunista dos jornais O Dia (RJ) e O Folha de Minas (MG). Autor da tira de humor ácido "Patty & Fatty" publicadas nos jornais "Expresso" (RJ) e "O Municipal" (RJ) e Editor dos jornais de humor "Cartoon" e "Hic!". O autor mora atualmente no Rio de Janeiro, entre um bar e outro.

Comentários