19,Jun
Esportes

Atlético-MG joga mal e sai derrotado pelo Unión La Calera

O Galo permitiu que o clube chileno conseguisse sua primeira vitória internacional de sua história. A equipe mineira terá de vencer por dois gols para avançar à próxima fase

Desconhecido, o Unión La Calera conseguiu vencer o Galo
no jogo de ida da Sul-Americana (Foto: Divulgação/La Calera)

A estreia do Atlético-MG na segunda fase da Copa Sul-Americana não foi boa. O time mineiro foi derrotado pelo Únion La Calera, do Chile, por 1 a 0, gol de Lobos, aos 18 minutos do segundo tempo, no Estádio Municipal Nicolás Chahuán Nazar, em La Calera.

Foi a primeira vitória internacional da equipe chilena em sua história,já que nos duelos contra a Chapecoense, se classificou com dois empates, por 0 a 0 em casa e 1 a 1 em Chapecó, avançando pelo critério de gol qualificado. O time brasileiro precisará de vencer por dois gols de diferença para alcançar a fase oitavas de final do torneio.

Reservas não deram conta

Jogando em um gramado sintético, o Galo teve dificuldade no início de jogo em se postar dentro de campo. Mas, o que pode ter sido o fator principal pela derrota alvinegra foi a opção por uma equipe reserva da comissão técnica, que poupou oito jogadores da equipe.
O time não conseguia articular nenhuma jogada de ataque, deixando os dois atacantes, Chará e Alerrandro isolados a maior parte do tempo. Os dois tentaram buscar a bola diversas vezes, mas não foi suficiente para construir bons lances ofensivos.

Nas duas etapas o Galo praticamente não chegou ao gol do La Calera, mesmo com o rival oferecendo pouco perigo em grande parte do jogo. O tento que garantiu vantagem aos chilenos, marcado por Lobos, aconteceu numa falha defensiva, permitindo o cruzamento e a subida de Lobos com marcação fraca, propiciando o cruzamento para a cabeçada fatal ao gol alvinegro.

Chilenos organizados, mas frágeis

O Únion La Calera demonstrou ser uma equipe bem treinada, organizada, mas possui fragilidades, pois marca muito de longe e o Atlético-MG não soube se aproveitar disso para ir com mais força ao ataque, pois também não fazia grande pressão na marcação.

Se Rodrigo Santana colocar o time titular no jogo de volta, as chances de um resultado positivo e a conquista da classificação do alvinegro às oitavas de final aumentam bastante. O jogo de volta entre as duas equipes será na próxima terça-feira, 28 de maio, às 21h30, no Independência.

Comentários