11/10/2018 16h57

Mais uma vez Itabira não consegue eleger deputado

Bernardo Mucida (PSB) foi o que mais se aproximou do objetivo, ficando de fora por apenas 659 votos

Compartilhe

Novamente a história se repete e o itabirano vê adiado o sonho de ter um representante na assembleia e câmara dos deputados. Durante a campanha eleitoral o otimismo tomou conta dos cidadãos que viam uma chance real de finalmente voltar a eleger um deputado pela cidade. No entanto, interesses pessoais mais uma vez ficaram acima dos interesses da cidade e o que se viu foi um grande número de candidatos vindos de outras cidades buscar votos em Itabira, apoiados por lideranças no município. Exemplo disso são os cândidos Lincoln Portela(PR) e Leo Portela(PR), que apoiados por lideranças evangélicas, levaram da cidade, juntos, quase 8 mil votos. O pai, Lincoln Portela, candidato a deputado federal, conseguiu 4.355 votos, enquanto seu filho Leo Portela, que concorria a uma vaga na assembleia legislativa, conquistou 3.511 votos na cidade.

Apenas em se tratando da disputa para deputado estadual, os candidatos de fora da cidade somam o total de 22.327 votos conquistados em Itabira.

Exemplo do impacto que esses votos dados a candidatos de fora representam, o candidato itabirano Bernardo Mucida (PSB), que também concorria a uma vaga de deputado estadual, foi o que mais se aproximou da vitória conquistando 34.797votos. Faltaram a ele apenas 659 votos para que pudesse representar Itabira na assembleia.

Por outro lado, a pequena cidade de João Monlevade, cujo eleitorado é quase metade de Itabira, conseguiu reeleger o candidato Tito Torres (PSDB) e mais uma vez terá seu representante na assembleia mineira, dando exemplo de união em favor dos interesses da cidade.

 

 

"Candidatos a Deputado Federal votados em Itabira"

RODRIGO DIGUERÊ PRTB - 7.011

ELIAS LIMA PMN - 4.871

LINCOLN PORTELA PR - 4.355

TONINHO DA PEDREIRA PPS - 2.820

REINALDO LACERDA PHS - 2.512

REGINALDO LOPES PT - 1.874

HERCÍLIO COELHO DINIZ MDB - 1.334

LAUDIVIO CARVALHO PODE - 1.199

JOSÉ SANTANA PR - 1.170

PROMOTOR RÔMULO FERRAZ PV - 1.105

AÉCIO NEVES PSDB - 1.076

RODRIGO DE CASTRO PSDB - 1.047

GILBERTO ABRAMO PRB - 931

AUREA CAROLINA PSOL - 922

DR. MÁRIO HERINGER PDT - 868

ANDRE JANONES AVANTE - 857

MARCELO ALVARO ANTONIO PSL - 745

CABO JUNIO AMARAL PSL - 737

TIAGO MITRAUD NOVO - 686

SUBTENENTE GONZAGA PDT - 628

FRED COSTA PATRI - 613

MARCELO ARO PHS - 594

EROS BIONDINI PROS - 577

PATRUS ANANIAS PT - 530

CORONEL GILVAM PSB - 481

LUCAS GONZALEZ NOVO - 458

EDUARDO BARBOSA PSDB - 452

ZÉ SILVA SD - 452

ROGÉRIO CORREIA PT - 423

STEFANO AGUIAR PSD - 411

ANDRÉ SOARES DC - 371

PEDRADA PRTB - 360

DELEGADO EDSON MOREIRA PR - 334

PASTOR FÁBIO LIMA PTB - 327

DIEGO ANDRADE PSD - 322

GREYCE ELIAS AVANTE - 308

 

“Candidatos a Deputado Estadual votados em Itabira"

BERNARDO MUCIDA PSB - 24.996

NOZINHO PDT - 7.563

LÉO PORTELA PR - 3.511

TITO TORRES PSDB - 2.981

CHARLES SANTOS PRB - 826

FERNANDO SAMPAIO PSL - 760

CAMILA SGARBI PROS - 615

RONALDO BATISTA PMN - 584

SARGENTO RODRIGUES PTB - 578

MAURO TRAMONTE PRB - 527

CRISTIANO SILVEIRA PT - 490

GUSTAVO VALADARES PSDB - 441

BEATRIZ CERQUEIRA PT - 409

DR. ADRIANO MIRANDA PHS - 395

BRUNO ENGLER PSL - 389

MÁRIO HENRIQUE CAIXA PV - 337

LEDA SANTIAGO PR - 327

LEANDRO GENARO PSD - 322

NORALDINO JUNIOR PSC - 291

JOÃO VITOR XAVIER DA ITATIAIA PSDB - 199

CARMEM LÚCIA PCdoB - 196

CORONEL PICCININI PSB - 193

PROFA. ARLETE MAGALHÃES DC - 180

CELINHO DO SINTTROCEL PCdoB - 174

GLAÚCIA DA FARMÁCIA PT - 167

INSTRUTOR REINALDO PSL - 157

ALENCAR DA SILVEIRA JR. PDT - 135

MARILIA CAMPOS PT - 129

LUIZ FERNANDO PP - 127

CÉLIO MOREIRA PTC - 126

PAI DO DUDA PTC - 111

ANTONIO JORGE PPS - 106

LELECO PIMENTEL PT - 99

PROFESSOR WENDEL MESQUITA SD - 91

GUILHERME DA CUNHA NOVO - 90

MACAE EVARISTO PT - 86

CLAUDIO DO MUNDO NOVO PROS - 82

GUSTAVO SANTANA PR - 82

É permitida a reprodução desde que citada a fonte e não alterado o texto.

Comente esta notícia

SE VOCÊ NÃO TEM FACEBOOK, UTLIZE O FORMULÁRIO ABAIXO PARA COMENTAR.

Nenhum comentário até o momento.

Leia também