15,Jul
Esportes

Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão na sede do Cruzeiro e em residências de dirigentes

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu na manhã desta terça-feira (9) mandados de busca e apreensão nas dependências do Cruzeiro e na residência de dirigentes do clube, entre eles o presidente Wagner Pires de Sá, o vice de futebol Itair Machado e o diretor-geral Sergio Nonato dos Reis.

Há mandados ainda para as residências dos agentes Carlinhos Sabiá e Ângelo Pimentel e do empresário Cristiano Richard dos Santos Machado, responsável por emprestar R$ 2 milhões ao Cruzeiro em março do ano passado, além da sede da Máfia Azul - torcida organizada - e nas sedes das empresas IMM Assessoria e Consultoria Esportiva, ligada ao vice de futebol Itair Machado e Status Assessoria, ligada ao diretor-geral Sergio Nonato dos Reis. 

Presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, é um dos alvos da investigação (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Em maio deste ano o Fantástico, da TV Globo, exibiu reportagens que revelavam irregularidades em transações realizadas pelo clube e valores superfaturados pagos a empresas prestadoras de serviço. Uma das irregularidades mais graves reveladas a época foi a cessão dos direitos econômicos de 10 jogadores, entre eles do jovem Estevão Willian, que tem apenas 11 anos, como forma de pagamento ao empresário Cristiano Richard pelo empréstimo feito ao clube. Pelas leis trabalhistas Estevão só poderá assinar vinculo laboral a partir dos 16 anos.

Em nota, a diretoria afirmou apoiar as investigações, mas lamentou que o fato esteja acontecendo às vésperas do clássico contra o Atlético-MG pela Copa do Brasil.

"A diretoria do Cruzeiro Esporte Clube vem a público manifestar seu apoio às apurações das denúncias feitas pelo programa Fantástico, da Rede Globo, no dia 26 de maio passado. 

O Clube informa que entregou às autoridades toda a documentação solicitada para a investigação. 

Lamentamos apenas que este fato esteja acontecendo exatamente às vésperas de uma decisão importante na Copa do Brasil. 

O Cruzeiro Esporte Clube informa que continuará à disposição das autoridades competentes para quaisquer tipos de outros esclarecimentos necessários. 

Belo Horizonte, 9 de julho de 2019"
 

Comentários