Coluna

CONFESSO QUE ROUBEI

Rio - Roubei esse título de uma crônica do Jaguar.

No texto, Jaguar confessa que roubava livros dos hotéis em que se hospedava.

Sem nenhum pudor, ele entrega: "O primeiro que roubei foi "Pergunte ao Pó", de John Fante; num hotel em Búzios. Outro: "Memórias de um velho safado", de Bukowski; num hotel em Natal...".

Devo confessar, já tive essa mania, também.

Numa das muitas idas e vindas - foram dez anos - a Ilha Grande, por conta de uma Mostra de Humor Ecológico realizada, na Ilha do Abraão, pelo cartunista e amigo, Ferreth; me colocaram - o safado jura, até hoje, que não foi ele - numa pousada no fim do mundo.

Divulgação

No pico do Abraão. Perto do presídio onde cumpriu pena Madame Satã, na época da ditadura. 

O lugar era tão longe que nem o carregador quis levar minha bagagem até lá. "Nem fudendo!" - disse ele.

Era longe. Tão longe que, no caminho, passamos por uma placa escrito: inferno - 7 Km.

A pousada era uma merda, mas a vista era maravilhosa!

No meio do quarto, tinha uma pedra enorme. Juro! 

Quando construíram a pousada, devem ter esqueci ela lá.

Lembrei-me de um famoso poema de Carlos Drummond de Andrade - cujos versos repetiam: 

"No meio do caminho tinha uma pedra" - publicado em 1928, na Revista de Antropofagia.

Em cima desta pedra, que funcionava como mesa, vários livros espalhados. Entre eles, "O Mundo de Sofia", de Jostein Gaarder.

O livro conta a história de Sofia uma menina de 15 anos que recebe cartas anônimas questionando sobre a existência e o entendimento da realidade.

A leitura despertou o meu interesse por filosofia. Por Sócrates, Aristóteles, Platão, Santo Agostinho, Descartes, Kant, Marx. Todos citados no livro.

Quando me despedi da Ilha, levei o livro.

Outra mania: roubava cinzeiros de motéis. Nunca fumei, mas na minha casa tinha mais de cem cinzeiros.

Bem, mais essa é outra história.


*Ediel Ribeiro é jornalista e escritor

Ediel Ribeiro (RJ)

661 Posts

Coluna do Ediel

Ediel Ribeiro é carioca. Jornalista, cartunista e escritor. Co-autor (junto com Sheila Ferreira) do romance "Sonhos são Azuis". É colunista dos jornais O Dia (RJ) e O Folha de Minas (MG). Autor da tira de humor ácido "Patty & Fatty" publicadas nos jornais "Expresso" (RJ) e "O Municipal" (RJ) e Editor dos jornais de humor "Cartoon" e "Hic!". O autor mora atualmente no Rio de Janeiro, entre um bar e outro.

Comentários