15/05/2018 17h30

Com salários de até R$ 5,4 mil MGS abre processo seletivo para 52 vagas

Compartilhe

MGS é a empresa responsável por fornecer mão de obra terceirizada ao Estado (Foto: Divulgação/Agência Minas)
MGS é a empresa responsável por fornecer mão de obra terceirizada ao Estado (Foto: Divulgação/Agência Minas)

Se você está a procurando emprego, não perca essa oportunidade! A empresa pública Minas Gerais Administração e Serviços S.A (MGS) abre processo seletivo para o preenchimento de 52 vagas (imediatas e para cadastro de reserva) em Belo Horizonte, mais de 100 cidades do interior de Minas Gerais e Brasília.

Os cargos são voltados para nível fundamental completo ou incompleto, médio, técnico e superior, com salários de até R$ 5.413,30. Alguns dos cargos oferecidos são: administrador , advogado , analista de sistemas, analista de suporte , assistente social ,agente de campo, auxiliar administrativo, auxiliar de atendimento, brochurista gráfico, bibliotecário , contador, capineiro, copeiro, costureira/bordadeira, cozinheira, digitador, eletricista,  engenheiro civil , engenheiro de segurança do trabalho, farmacêutico, médico do trabalho, motorista de ambulância, operador de caixa, operador de monitoramento, psicólogo recepcionista, técnico  contábil, técnico de informática, agente de serviço de parque habilitado, monitor ambiental, vigia motorizado, dentre outros.

Inscrições

Para se inscrever, os interessados em participar o processo seletivo da MGS, é necessários acessar o site do Instituto Nosso Rumo e cadastrar-se. É preciso que o participante realizar o pagamento no valor de R$ 33,00 para participar do processo seletivo de cargos de nível médio/técnico e R$ 57,00, para cargos de nível superior.

O processo seletivo será por meio de prova objetiva, aplicada no dia 24 de junho de 2018. Para mais informações, acesse o Edital do processo seletivo e seus Anexos.

É permitida a reprodução desde que citada a fonte e não alterado o texto.

Comente esta notícia

SE VOCÊ NÃO TEM FACEBOOK, UTLIZE O FORMULÁRIO ABAIXO PARA COMENTAR.

Nenhum comentário até o momento.

Leia também