10/08/2017 11h06

Hospital do Barreiro oferece 51 vagas para médicos

Compartilhe

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo número 005/2017 para preencher vagas para médicos no Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro (HMDCC), conhecido como Hospital do Barreiro. O edital abre  51 vagas, das quais quatro são reservadas às pessoas com deficiência.

Serão ofertadas vagas para Anestesiologistas (20), Médicos Intensivistas (16), Clínica Médica (3), Radiologistas (3), Urologistas (3), Neurologistas (3), Psiquiatra (1), Médico Clínico - Gestão da Clínica (1) e Medicina do Trabalho (1). 
 
Inscrições

Os interessados devem se inscrever, mediante a entrega de documentação descrita no edital, nos dias 10, 11, 14 e 16 de agosto, das 9h às 16h, na Rua José de Oliveira Fernandes, nº 340, Bairro Milionários.

Etapas

A seleção é composta de duas fases. Na primeira etapa, serão avaliadas documentação técnica, experiência profissional e titulação acadêmica. Na segunda etapa, acontecerá uma reunião de nivelamento de informações sobre o modelo assistencial e de gestão do HMDCC e quais os compromissos dos profissionais com a proposta de trabalho do Hospital. 

Os salários vão de R$ 7.725,34 a R$ 9.656,67 e as jornadas são de 120 a horas mensais. No caso do Médico Nutrólogo, vaga do Quadro de Reserva Técnica, a carga horária é de 150 horas mensais.
 
Serviço

Inscrições: dias 10, 11, 14 e 16 de agosto
Horário: 9h às 16h
Local: Rua José de Oliveira Fernandes, nº 340, Bairro Milionários
Acesse o edital no endereço eletrônico https://goo.gl/GxPnu2
 
Expansão do hospital

A primeira fase de expansão do HMDCC acontecerá neste mês com a abertura de mais 89 leitos, sendo 10 de CTI, e quatro salas de cirurgias. Em novembro, está previsto o funcionamento do Hospital com 343 leitos. A terceira fase, com o funcionamento dos 451 leitos, está programada para março de 2018.

É permitida a reprodução desde que citada a fonte e não alterado o texto.

Comente esta notícia

SE VOCÊ NÃO TEM FACEBOOK, UTLIZE O FORMULÁRIO ABAIXO PARA COMENTAR.

Nenhum comentário até o momento.

Leia também