Mona Vilardo

Mona Vilardo começou seus estudos e carreira musical aos 8 anos de idade, cantando no Coral Infantil do Rio de Janeiro, com Elza Lackchevitz e estudando piano no curso técnico da UFRJ. Ingressou na Unirio aos 18 anos, onde se formou em Canto Lírico na classe da professora Mirna Rubim. Cantou em corais como Coro de Ópera do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Coro Sinfônico do Rio de Janeiro, Conjunto vocal Calíope e Grupo vocal Mulheres de Hollanda. Atua desde 2008 na preparação vocal de peças de teatro musical, como "Billy Holiday - amargo fruto" e "Emilinha e Marlene - as Rainhas do Rádio" - apresentado inclusive no Palácio das Artes em BH. Fez também a preparação vocal e os arranjos vocais para o espetáculo "Contra o Vento - um musicaos" que ficou em cartaz no CCBB Rio e Brasília. Foi aluna do Teatro O Tablado, onde também foi assistente de Luiz Carlos Tourinho. Desde 2017 é roteirista, produtora, atriz e cantora do seu espetáculo em homenagem ao centenário de Dalva de Oliveira, chamado "Mona canta Dalva", que estreou no Teatro Maison de France RJ, com direção de Marcia do Valle, e ainda está em circulação. Atualmente é cantora do Grupo Vocal Equale, que ganhou o 29º Prêmio da Música Brasileira, em 2018, como melhor grupo de mpb.
Escreve para o site literarte.art desde setembro de 2018 e em março de 2019 irá lançar o livro infanto juvenil sobre a vida de Dalva de Oliveira, numa coleção chamada "Elas por ela - as Rainhas do Rádio por Mona Vilardo".

Soprano Literário

2 artigos até o momento